Motor de 71,5 litros !!!!

O maior motor radial a pistão para uso em aviação foi o PRATT & WHITNEY R4360. Possuía 28 cilindros dispostos em 4 fileiras de sete cilindros refrigerados a ar, e montados com um ligeiro deslocamento angular em relação a fileira anterior, formando um arranjo semi-helicoidal para facilitar o resfriamento efetivo do fluxo de ar entre as fileiras de cilindros, inspirando o apelido de “espiga de milho”

Este motor de 71,5 litros pesando 1.750 Kg desenvolvia de 3.000 até 4.300 HP’s, conforme versão e modelo do compressor usado. Utilizava cárter seco, 2 válvulas e 2 velas por cilindro, carburador de pressão Bendix-Stromberg e taxa de compressão de 6,7:1 e gasolina AVGAS 115/145 (roxa), consumo médio cruzeiro de 188 galões por hora (710 litros) e na decolagem até 8 galões por minuto (30 litros)
Foram fabricadas 18.700 unidades entre 1944 e 1955 quando cessou a produção com o advento dos turbo hélices e turbo jatos
Estes motores equiparam 29 tipos de aeronaves (civis e militares) usando 1, 2 ou 4 motores, e equipou o hidro avião HUGHES H4 de 1947 com 8 motores R4360

Leave a Reply